Mémoires de Joseph Fouché PDF

A França está em guerra contra a Áustria desde 20 de abril de mémoires de Joseph Fouché PDF. Os exércitos prussianos investem contra Longwy, em 23 de agosto, e Verdun, cercada, está perto de sofrer a mesma sorte. Alguns querem transferir as instituições da República para a Província e evacuar a Capital. Danton opõe-se energicamente a esta solução.


Författare: .
Réédition de la deuxième édition (1824).

Começa a aparecer a ideia de um „inimigo interno“. Os massacres começam pelo de um comboio de padres refratários prisioneiros que cruzam com um grupo de soldados recém-alistados. Os massacres continuam com a degola de vinte e três padres refratários na Prisão da Abadia por Federados marselheses e bretões. Um grupo dirige-se em seguida para a Prisão do Convento Carmelita, onde estão presos cento e cinquenta padres não-juramentados. Marat deseja que seus tribunais populares sanguinários estendam-se por toda a França.

Acontecem execuções, por exemplo, em Orléans, Meaux ou Reims mas a situação nas Províncias permanecerá muito moderada se comparada com os abusos que ensanguentam a Capital. Os Massacres de Setembro em Paris e nos departamentos fizeram um total de 1400 mortos. Os massacrantes não eram bandidos mas sim, geralmente, pequenos comerciantes ou artesãos. Se os contra-revolucionários foram as primeiras vítimas, foram majoritariamente prisioneiros do direito comum os que foram mortos. Em 4 de Setembro, no hospício-prisão da Salpétrière, os assassinos violaram e mataram prostitutas, loucas e até orfãs ainda crianças.

Danton, Ministro da Justiça em 7 de Setembro de 1792. O papel do governo revolucionário nestes assassinatos permanece muito obscuro : se os motins não foram totalmente espontâneos, hesita-se quanto à responsabilidade total da Comuna que os teria encorajado ou mesmo organizado. Foi a „Comissão dos Doze“ que foi encarregada pela Convenção de apurar sobre os massacres. Um dentre eles, Michel Chemin Deforgues, de origem aristocrática e que Bertrand Barère de Vieuzac instalara no Ministério de Assuntos Exteriores em 1793, negou ter participado da matança e fez carreira mediocre na diplomacia.